[imprimir]
  [logo] Bioclimatologia animal on line

pesquisa e criação: Armando José Capeletto

 

Ovinos de lã - o caso do merino australiano

Evolução do Merino australiano

          O merino surgiu na Espanha e foi levado para vários países, incluindo a Inglaterra e, desta, para a Austrália, onde originou o merino australiano, raça lanígera por excelência.


          Até o início do século XX, a seleção foi direcionada para a obtenção de animais com maior número de dobras de pele, pois acreditava-se que, quanto maior a superfície, maior seria a produção de lã.

     Na prática esse princípio não funcionou, pois a tosquia tornou-se difícil e antiprodutiva, além do que, as dobras na pele favoreciam a infestação por parasitas ("bicheiras" etc.).
     Desde então, a seleção da raça foi redirecionada, visando obter uma produção de lã mais racional e de melhor qualidade.

Merino australiano atual

          A criação do merino australiano vem decaindo nos últimos anos, juntamente com a das demais raças de ovinos lanígeros, devido à concorrência com a lã sintética.


 
[voltar   voltar
atributos   [avançar]
 

[ABERTURA] [ ANIMAIS DE BIOTÉRIO] [ANIMAIS SILVESTRES] [AVES] [BOVINOS] [BUBALINOS] [CAPRINOS] [COELHOS E CHINCHILAS] [EQÜINOS] [OVINOS] [SUÍNOS] [BIBLIOGRAFIA] [CIÊNCIAS AMBIENTAIS] [IMPRIMIR] [MAPA DO SITE][VOLTAR]

[enviar mensagem]

atualizado em: abril/2002

Copyright c) 2001-2002 Armando José Capeletto Todos os direitos reservados