[imprimir]
[em construção]
-- [logo] Bioclimatologia animal on line

pesquisa e criação: Armando José Capeletto

 

 

 

[pena] Penas - distribuição

      Na maior parte da superfície corporal de uma ave, as penas superpõem-se umas sobre as outras, como as telhas de um telhado, cercando o corpo com um colchão isolante de ar.

[galo leghorn]

Camada de penas de um galo leghorn branco de crista simples (GETTY, 1981).

      A distribuição dos folículos penáceos na superfície da pele não é homogênea, variando de espécie para espécie e mesmo de uma raça para outra. Pterilose é a distribuição da implantação das penas em tratos, e aptérios são as zonas desprovidas de penas dentro dos tratos ou entre um trato e outro.

      As zonas aptérias da pele são importantes na termorregulação, uma vez que somente nessas áreas é que as aves podem dissipar calor pela superfície corporal. Nesse sentido, um aptério importante é o que existe sob as asas (v. figura abaixo). Juntamente com a taquipnéia intensa, com o bico aberto, a abertura das asas é a principal forma de arrefecimento, em aves sob estresse calórico.

 

[pterilose do galo]

  

Pterilose de um galo leghorn branco de crista simples, em vista lateral esquerda (GETTY, 1981).

 
  [voltar] penas  
ventilação em galpões [avançar]
 

[ABERTURA] [ ANIMAIS DE BIOTÉRIO] [ANIMAIS SILVESTRES] [AVES] [BOVINOS] [BUBALINOS] [CAPRINOS] [COELHOS] [CHINCHILAS] [EQÜINOS] [OVINOS] [SUÍNOS] [BIBLIOGRAFIA] [CIÊNCIAS AMBIENTAIS] [IMPRIMIR] [MAPA DO SITE] [VOLTAR]

[enviar mensagem]

atualizado em: abril/2002

Copyright (c) 2001-2002 * Armando José Capeletto * Todos os direitos reservados